O coletivo propõe a criação de uma instalação site-specific para exposição na Bienal 2012 ZERO1. O grupo desenvolverá práticas artísticas coletivas com aplicativos móveis de realidade aumentada,  re-imaginando e reinterpretando os campi das corporações do Vale do Silício. Obras performativas e site-specific serão criadas em torno das cidades de San Jose, San Francisco e Lewisburg.