Conheça o Ateliê Aberto, o parceiro da primeira oficina do ano, que acontece neste final de semana em Campinas (São Paulo).

Regério-Ghomes-workshop-e1359663497946

Fundado em 1997, o Ateliê Aberto é um organismo auto-gerido e inter-dependente sediado em Campinas  voltado para a cultura contemporânea. Uma plataforma para fomentar a produção e o debate, articular ideias e unir forças, um laboratório permanente para processos colaborativos de criação e convívio. Tem uma produção autoral ao mesmo tempo que idealiza e produz projetos dentro e fora de seu espaço – compondo uma programação contínua de exposições, residências, intervenções urbanas, workshops, conversas e apresentações musicais. Dispõe de uma biblioteca especializada em títulos de arte aberta ao público. Tem portanto três frentes de atuação: é grupo de artistas, espaço cultural e produtora de projetos. É composto por Henrique Lukas,  Maíra Endo e Samantha Moreira, uma equipe composta por profissionais de diferentes áreas de atuação – artes visuais, cinema, gestão cultural e sustentabilidade.

jardimdastorturas_virginia

Já passaram por lá artistas como: Virginia Medeiros, Natasha Marzliak e Giovana Mastromauro, N´Sistas, Cristiano Rosa, Nuvem, Andrea Brandao (Portugal), Antonio Silva e Daniel Acosta, Laboratório Cisco, entre muitos outros.

(As imagens usadas neste post foram tiradas do site do Ateliê Aberto. Duas delas são de trabalhos que já estiveram em exposição)