A segunda atividade de 2014 acontece em Santos, com a oficina Babel Indiscreta, ministrada pela artista baiana Vírginia de Medeiros que associa a oralidade a um ato performativo, em um processo que envolve o registro de depoimentos e uma forma de apresentação que pode resultar tanto numa instalação como numa performace. A ação tem apoio do Arte no Dique e conta com a parceria do projeto Cineme-Se, do Sesc e Unisanta.

Babel Indiscreta é um exercício lúdico que debate a subjetivação do corpo pelos atos de fala, articulando a tradição oral com o campo das artes visuais contemporânea. A oficina aborda ato de fala e suas possibilidades performativas, envolvendo questões ligadas ao corpo e sua regulação e legitimação. Através da coleta de registros orais dos participantes, será criado coletivamente uma instalação sonora, na tentativa de revelar o diálogo fecundo que o estatuto da voz desenha no nosso corpo e na nossa cultura.