Vídeos das oficinas Espaço em Movimento

Vejas os vídeos das três oficinas do Labmovel no projeto Espaço em Movimento, contemplado pelo edital Espaços Independentes Vinculados às Artes Visuais do ProAC.

Assista ao video da Oficina “Caminhadas” com Fernando Velazquez em Ubatuba

Oficina “Babel Indiscreta”, com Virgínia de Medeiros em Santos.

Oficina “Fotografias Encenadas”, com Bruno Schultze e Mario Ramiro em Campinas.

Anúncios

Veja as fotos da Oficina #3 em Ubatuba

Veja as fotos de Lucas Gervilla da Oficina #3 de Fernando Velázquez em Ubatuba. “Caminhadas e percursos assistidos com GPS, drones e outras traquitanas” foi o tema do workshop, em que foram utilizados um drone (aeronave não tripulada assistida por controle remoto) aliado a um telefone celular com gps e a uma câmera portátil GoPro para pensar a ideia de paisagem, geografia e território. Mais fotos no Flickr do Labmovel.

Oficina #3 de 2014 em Ubatuba

A terceira oficina do Labmovel é Caminhadas e percursos assistidos com GPS, drones e outras traquitanas e será ministrada por Fernando Velázquez. No workshop serão utilizados um drone (aeronave não tripulada assistida por controle remoto), aliado a um telefone celular com gps e a uma câmera portátil GoPro para pensar a ideia de paisagem, geografia e território desde perspectivas inusitadas.

“As pesquisas com drones surgem no âmbito da indústria bélica, mas a atual popularização destes artefatos, devido em parte a cultura do DYI (faça você mesmo), tem aberto um leque de questões que envolvem a técnica, a ética e estética. Iremos nos divertir numa deriva urbana pesquisando formas de captação de vídeo, mapeamentos geográficos pouco comuns, e discutiremos em conjunto uma possível ética por trás destas atividades”, conta Velázques.

Carga horária: 8h (2 dias de 4h cada)
Vagas: 20
Requerimentos do participante: nenhum conhecimento específico
Inscrições: info@labmovel.net

Sobre o artista que vai ministrar a Oficina #3:
Fernando Velázquez é artista multidisciplinar. Suas obras incluem vídeos, instalações e objetos interativos, e performances audiovisuais. Doutorando em Comunicação e semiótica pela PUC-SP, participa de exposições no Brasil e no exterior com destaque para a Emoção Art.ficial Bienal de Arte e Tecnologia (Brasil, 2012), Bienal de Cerveira (Portugal, 2013 e 2011), Mapping Festival (Suíça, 2011), WRO Biennale (Polônia 2011), On_off (Brasil, 2011), Bienal do Mercosul (Brasil, 2009), Bienal de Tessalônica (Grécia, 2009), Bienal Ventosul (2009), e o Pocket Film Festival no Centro Pompidou (Paris, 2007). Obteve dentre outros o Premio Sergio Motta de Arte e Tecnologia (Brasil, 2009), Mídias Locativas Arte.Mov (Brasil, 2008), “2008, Culturas” e o Vida Artificial (ambos na Espanha, 2008). Foi curador do Motomix 2007, Papermind Brasil, Dorkbot São Paulo e do Projeto !wr?. Professor da PUC_SP, vive e trabalha em São Paulo.

ubatuba

Babel Indiscreta em Santos

A segunda atividade de 2014 acontece em Santos, com a oficina Babel Indiscreta, ministrada pela artista baiana Vírginia de Medeiros que associa a oralidade a um ato performativo, em um processo que envolve o registro de depoimentos e uma forma de apresentação que pode resultar tanto numa instalação como numa performace. A ação tem apoio do Arte no Dique e conta com a parceria do projeto Cineme-Se, do Sesc e Unisanta.

Babel Indiscreta é um exercício lúdico que debate a subjetivação do corpo pelos atos de fala, articulando a tradição oral com o campo das artes visuais contemporânea. A oficina aborda ato de fala e suas possibilidades performativas, envolvendo questões ligadas ao corpo e sua regulação e legitimação. Através da coleta de registros orais dos participantes, será criado coletivamente uma instalação sonora, na tentativa de revelar o diálogo fecundo que o estatuto da voz desenha no nosso corpo e na nossa cultura.

Cena da oficina em Campinas

A primeira oficina, Fotografia Encenada, com os artistas Mario RamiroBruno Schultze, foi um sucesso. Aconteceu neste final de semana, 15 e 16 de fevereiro, no Ponto de Cultura Maluco Beleza em Campinas

Veja mais fotos.

 

04

Através de uma cena montada para a fotografia, os participantes encontram uma forma de expressar alguma questão ou problema, ou ainda um comentário sobre algo do seu entorno, de sua vivência, de sua visão de mundo. A fotografia é empregada como um meio para a elaboração de narrativas simbólicas, pessoais e críticas. Esta foi uma ação em conjunto entre o Labmovel e o Ateliê Aberto de Campinas.