Catálogo Labmovel em distribuição

Ficou pronta a publicação que descreve e comenta a trajetória do Labmovel, de 2012 até hoje – produzida pelo Edital Espaços Independentes para Artes Visuais (Proac).
Estamos bem satisfeitos com os resultados e em breve vamos disponibilizá-lo por aqui também em PDF.
Um salve geral para a equipe de produção:

Co-edição: Gisela Domschke | Lucas Bambozzi | Margot Pavan

 Design e comunicação visual: Papaya Madness

Produção de imagem: Lucas Gervilla

Produção executiva: Larissa Alves

Produção gráfica: Lilia Góes

Tradução: Gama Traduções

Gráfica: Corprint

Realização: Diphusa Mídia Digital e Arte Ltda

Anúncios

OFICINAS ESPAÇO EM MOVIMENTO

4 oficinas em 4 cidades do Estado de São Paulo

m 2014, o Labmovel pode estender sua mobilidade a territórios independentes e descentralizados para além da grande São Paulo, atingindo outras cidades. A mídia digital foi aqui empregada para explorar as relações do humano e do meio ambiente. O projeto colocou em prática atividades laboratoriais como a fotografia encenada em uma instituição de saúde mental na periferia de Campinas, a escuta de histórias de crianças nas palafitas da zona norte de Santos, o uso de um drone acompanhando caminhadas para medição do índice de oxigênio nas águas de Ubatuba e a criação de marcos sonoros, invisíveis e geolocalizados na região de heliópolis. Muito importante nessa série foi a colaboração estabelecida com parcerias locais, que ajudaram na escolha dos locais e contextos em que as ações foram realizadas, assim como na organização dos encontros e nossa interface de compartilhamento com as comunidades. Pegar a estrada e pernoitar em outras cidades trouxe também uma experiência imersiva muito mais rica para o projeto.

apoio: Proac – Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – Brasil
“Concurso de Apoio a Projetos de Espaços Independentes Vinculados às Artes Visuais no Estado de São Paulo” (edital 24/2013 do programa de Ação Cultural )

Oficina #2: Projetores portáteis DIY

A oficina 2: Projetores portáteis DIY vai acontecer no próximo domingo, dia 16 de junho, das 13h30 as 17h30 no CEU Jaçanã. A artista Paloma Oliveira vai ensinar a construir vídeo projetores DIY com materiais baratos e equipamentos que se encontram em desuso em sua casa  e no seu bolso.

Sobre a oficina
Já pensou que é possível transformar seu celular ou tablet em um projetor de vídeo?
Esta oficina propõe a construção de vídeo-projetores DIY com materiais baratos e equipamentos que se encontram em desuso em sua casa.
Já pensou que massa poder ver vídeos de seu celular projetados na parede de sua casa? E na tela de uma kombi em uma pracinha?
Então bora aprender!
Materiais usados na oficina:  tablet, celular, caixas de papelão (mais legal ainda se forem encontradas na rua ou que sejam doadas pelo super mercado), canos de papelão, fresnel (retirado de retro projetores velhos ou comprados, encontra por cerca de R$20,00), lentes de aumento (do suporte do ferro de solda, do avô, faça o teste e veja qual funciona melhor), espelho (desses de 1 real), cola quente, papel alumínio, parafusinhos pequenos, tecido preto, caixas de som? hum… maybe… pra conectar no celular… tesoura, estilete, caneta piloto (pra desenhar no papelão)

E em homenagem ao bairro, vamos lembrar deste clássico de Adoniran Barbosa.

Labmovel no site Educacao e Cultura Digital

Gisela Domschke, uma das idealizadoras do Labmovel, fala sobre a proposta do projeto e as oficinas realizadas em 2012.

Categoria: NotíciasSlideshow

Educação e Cultura Digital

“Nosso objetivo  com as oficinas não é apenas o de ensinar ao participante uma técnica específica, mas principalmente a de estabelecer um novo espaço de trocas de conhecimento  e experiência”, afirma Gisela.

Screen Shot 2016-04-29 at 11.29.48 AM

É uma kombi? Uma casa sob rodas? Tem telão, cadeiras de praia, computador, fogão. E um monte de “geringonças”, restos de materiais, caixa de papelão, fios, e até um gerador. Com tudo isso e mais um pouco, o Labmovel é um laboratório itinerante de mídias móveis, que leva a todos os cantos da cidade exposições e oficinas, possibilitando atingir um público diferente daquele que frequenta museus e galerias.

Clique aqui para ler a entrevista de Gisela Domschke, co-idealizadora do Labmovel, em que ela comenta as ações realizadas em 2012 e comenta um pouco sobre o que vem por aí.